Rodízio de Pneus

Um assunto muito polêmico entre os entusiastas automotivos: Como fazer rodízio nos pneus? Como cuidar? Qual o momento ideal para realização do rodízio? Qual o momento ideal para realizar a troca dos pneus? E o estepe? O que faço com ele? Pneu tem validade? São muitas perguntas a respeito de um item essencial para uma direção segura do seu automóvel. Vamos responder todas essas perguntas nessa postagem.

Os pneus do seu carro devem ser lembrados sempre como item primordial no quesito segurança e, por isso, a condição física dele é o que define uma circulação segura, tanto em estradas, quanto na cidade. Além de influenciar no consumo de combustível, deve-se quebrar o mito de que um pneu, em condições ruins, ainda serve para rodar na cidade ou em pequenas distâncias – visto que acidentes podem acontecer em qualquer lugar – seja na porta ou longe de casa, estamos sujeitos ao envolvimento em acidentes em qualquer lugar, a qualquer hora.

O ideal é que a troca dos pneus sempre aconteça em todos os pneus do carro, observando não somente a profundidade dos sulcos, que, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) a profundidade mínima aceitável é de 1,6mm. Se a manutenção preventiva dos pneus forem realizados de acordo com o estipulado pelas fabricantes dos pneus, ou seja, alinhamento e balanceamento a cada 5.000km e rodízio a cada 10.000km, a durabilidade poderá ser estendida.

Também é importante lembrar que a durabilidade de um pneu não é definida apenas pelo alinhamento, balanceamento e rodízio. Aspectos externos como cidades com topografias irregulares, buracos, tipo de solo influenciam na duração final. Por isso, é importante que o motorista esteja atento aos detalhes. Em média, espera-se um total de 60.000km rodados com um jogo de pneu.

A quilometragem correta para realização do rodízio dos pneus deve ser observada no manual do proprietário do seu veículo, porém, de forma geral é recomendada a realização do rodízio a cada 10.000km. Existe alguns tipos de rodízio que podem ser realizados no seu veículo, como pode ser observado na imagem.

É pouco falado sobre a data de validade dos pneus. Como quase tudo que é fabricado hoje em dia, é estimado 05 anos de validade para cada pneu. Para identificar se a data de validade está próxima ou não, basta verificar, nas escritas laterais do pneu, de acordo com o infográfico abaixo:

Os dois números acima indicam o mês e o ano de fabricação, permitindo assim o cálculo dos 05 anos de validade. Em nossa foto de exemplo, o prazo de validade expirou em março de 2018, sendo necessária a substituição deste pneu.

Sabendo desses pontos, é importante saber observar essas questões no momento de compra de pneus novos.

Fontes: Jaú Rodas, Folha de S. Paulo  e Carro de Garagem.