Renovação da CNH: quando e como fazer?2 minutos de leitura

Renovação da CNH

Quando fazer a renovação da CNH?

A renovação da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) deve ser feita de cinco em cinco anos para pessoas de até 65 anos. A partir dos 65, a renovação deve ser feita de três em três anos. Ambas coincidem com a validade do exame médico que também precisa ser atualizado.

Lembrando que o artigo 162 do Código de Trânsito brasileiro determina um prazo de até 30 dias após o vencimento da CNH para se fazer a renovação, se após o limite o condutor for pego dirigindo, a infração é gravíssima, com multa, sete pontos, recolhimento da CNH e retenção do veículo.

Saiba em quais situações a CNH é suspensa clicando aqui.

Como fazer a renovação?

Vamos explicar aqui, passo a passo, para você que precisa renovar a CNH. Pode ser feita pessoalmente ou pelo meio digital.

Renovação da CNH pelo meio digital:

  • Pesquise no site do DETRAN: ‘Renovação da Carteira Nacional de Habilitação’ ou então acesse clicando aqui.
  • Forneça os dados necessários, como: CPF, RG, data de nascimento, data da primeira habilitação e o endereço residencial;
  • Preencha o formulário que abrir;
  • Faça o download do Documento de Arrecadação Estadual (DAE), para efetuar seu pagamento;
  • Agende data e horário do exame médico;
  • Após o pagamento e o exame médico, a CNH está renovada.

Existem casos em que o motorista deve comparecer pessoalmente no Detran (Departamento Estadual de Trânsito) para realizar a renovação, por exemplo se o condutor mudou de residência.

Em algumas cidades do estado de São Paulo já é possível receber a habilitação renovada em casa, pois a biometria reaproveita a última assinatura e a foto digital, emitindo automaticamente a CNH. Mas, ainda assim, o condutor precisa comprovar por exame médico que está apto a continuar dirigindo, pagar os exames e efetuar o pagamento do correio.

Renovação da CNH pessoalmente:

Se você preferir ou morar em algum Estado em que a renovação e agendamento online não estão disponíveis, você deve:

  • Comparecer ao Detran;
  • Levar os documentos necessários para identificação: RG, CPF, comprovante de residência e CNH;
  • Apresentar todos os documentos originais e com cópia;
  • Realizar procedimentos de coleta de foto, assinatura e impressão digital;
  • Efetuar o pagamento da taxa de emissão;
  • Fazer o exame médico em uma clínica credenciada e nos casos de carta C, D e E fazer o exame toxicológico.

Proteja o seu veículo e garanta a sua tranquilidade! Faça uma cotação na Seguralta!

Você achou esse post útil?

Clique nas estrelas para avaliar!

Média dos resultados: / 5. Contador de votos:

Se você achou esse post útil...

siga a gente nas redes sociais.

Que pena que esse texto não tenha sido útil pra você!

Vamos melhorar juntos?

Ana Clara Moreno

Trabalha no departamento de comunicação da Seguralta.
Ana Clara Moreno

Últimos posts por Ana Clara Moreno (exibir todos)