Qual seguro devo contratar para minha residência?

Qual seguro devo contratar para minha residência?

Após conquistar a tão desejada residência, é importante pensar em proteger o seu investimento. É comum neste momento surgir dúvidas sobre qual é o melhor seguro para o seu imóvel e, em caso de condomínios, de quem é a responsabilidade da contratação da apólice.

Existe o seguro residencial, o habitacional e de condomínio e estes produtos podem acabar confundindo no momento da contratação, mas cada um deles possui coberturas e métodos de contratação bem diferentes. Entenda as diferenças:

Seguro Residencial:

O Seguro Residencial não é obrigatório, porém ele é um importante instrumento para proteger o seu imóvel, os bens em seu interior, além dos danos físicos estruturais.

As apólices mais completas oferecem coberturas contra roubos, danos elétricos, quedas de aeronaves, prejuízos causados involuntariamente a outras pessoas e algumas coberturas diferenciadas.

Seguro Habitacional:

No Seguro Habitacional, o imóvel é a garantia do empréstimo para a instituição financeira, sendo obrigatória a contratação no momento do financiamento imobiliário.

Em caso de morte acidental e invalidez permanente total por acidente do proprietário do imóvel e titular do seguro, a dívida é quitada. Se a residência for comprada por duas pessoas, o percentual pelo qual essa pessoa é responsável é quitado e o restante continua em vigor.

A apólice geralmente contém cobertura contra incêndio, queda de raio, desmoronamento (total ou parcial), destelhamento, inundação, alagamento ou explosões que comprometam a sua estrutura.

Seguro Condomínio:

O Seguro Condomínio também é obrigatório, mas a contratação é de responsabilidade do síndico. Este seguro foi pensado para proteger a edificação e os danos às áreas comuns como o hall, os corredores, o salão de festas e entre outras áreas.

É possível encontrar duas modalidades de contratação deste seguro:

  • Básica: Oferece indenização em caso de incêndio, raio, explosão, implosão, queda de aeronave e entre outros.
  • Ampla: Possui uma quantidade maior de coberturas do que a básica, dentre elas desmoronamento parciais ou totais, impactos de veículos terrestre, tumulto, danos elétricos, inundação, alagamento, entre outras.

É válido lembrar que o seguro pode ser adequado às suas necessidades, tornando o seguro em serviço personalizado e que terá o suporte que você espera em caso de imprevistos. Portanto, entre em contato com um Consultor(a) Seguralta e veja como você pode proteger o seu imóvel.