Qual a diferença entre fiador, garantia de aluguel e seguro fiança?

Se você está se mudando para uma cidade nova ou procurando um novo imóvel para alugar, antes de escolher qual é a melhor forma para fazer o negócio é fundamental saber quais as diferenças entre os termos: fiador, garantia de aluguel e seguro fiança.

Em geral, esses termos são formas de garantir o pagamento ao proprietário do imóvel e a tranquilidade para o inquilino na hora de alugar. Confira a seguir, as diferenças entre esses termos para você não ter mais dúvidas.

Fiador:

O fiador é a pessoa que está disposto a pagar pelo seu aluguel em caso de uma emergência e não é necessário ter grau de parentesco, mas é preciso apresentar uma lista de bens e comprovar renda.

Normalmente esse processo é um pouco mais lento do que os demais porque exige a análise da documentação do fiador e a aprovação deles, além de ser mais difícil de encontrar uma pessoa disposta a arcar com esse risco.

Garantia de Aluguel:

A garantia de aluguel é a opção em que o inquilino precisa fazer um pagamento adiantado na hora de locar o imóvel. O valor pode ser até três meses de aluguel e ser previsto em contrato, mas ao término dele, e caso não exista nenhum dano no imóvel e nenhuma manutenção imprevista, o inquilino é restituído do valor pago para a garantia.

Seguro Fiança:

O seguro fiança atua como a figura do fiador, passando a responsabilidade do pagamento do aluguel em caso de emergências para a seguradora, além de oferecer ao inquilino coberturas que facilitam o dia a dia, como reparos na residência, atendimento help desk e até mesmo descontos no transporte da mudança em empresas conveniadas.

Neste caso, a aprovação dos documentos acontece mais rápido já que o processo é mais simplificado.

Então se você está procurando a melhor opção para conseguir alugar o imóvel escolhido, procure um consultor Seguralta e saiba mais sobre o seguro fiança, suas facilidades e como ele pode te ajudar.