Carro flex, a diesel, elétrico ou híbrido, qual escolher?3 minutos de leitura

De maneira sutil comprar carros vem se tornando um desafio cada vez maior. Hoje existem diversas marcas e modelos, além dos tipos diferentes de motor. Podemos escolher entre: flex, diesel, elétrico e híbrido.  Mas com tantas opções, qual a melhor? Reunimos aqui as vantagens e desvantagens de cada um. Confira!

Carro flex:

Os carros flex possuem um motor que aceita dois tipos de combustível, normalmente, é álcool ou gasolina. Por enquanto são maioria no Brasil.

Veja como economizar combustível clicando aqui.

Vantagens:

  • Opção de escolha: você pode escolher entre dois tipos de combustíveis;
  • Contribui para o desenvolvimento industrial brasileiro: os carros flex dominam a produção nas indústrias brasileiras;
  • Preços reduzidos de compra e manutenção;
  • Mais modelos e marcas de veículos disponíveis;
  • Melhores condições de revenda.

Desvantagens:

  • Apesar do problema já estar praticamente resolvido, motoristas ainda tem dificuldade em dar partida no carro nos dias de frio;
  • Desempenho baixo: em relação aos outros tipos de carro o desempenho do motor flex não é nem razoavelmente bom;
  • Poluição atmosférica.

Carro a diesel:

O Diesel é um combustível derivado do petróleo. Normalmente, alimenta veículos de tração maior.

Vantagens:

  • Capacidade de aceleração mais forte;
  • Maior desempenho e autonomia: o motor é feito para quem viaja muito;
  • Maior durabilidade: são raros os reparos e manutenções devido a vida útil;
  • Baixo consumo de combustível;
  • Menor poluição.

Desvantagens:

  • Manutenção e reparos caros;
  • Menor oferta de oficinas;
  • Motores vibram mais;
  • É um carro barulhento.

Carro elétrico:

Os carros elétricos funcionam, logicamente, por meio de eletricidade. Essa eletricidade provém de baterias que costumam ser de lítio ou grafeno.

Vantagens:

  • Sem barulho: não emite ruídos, o funcionamento do motor é silencioso;
  • Sem fumaça: não há queima de combustível;
  • Desempenho superior;
  • Auto Torque;
  • Baixo custo: os custos por quilômetro e por manutenção são menores;
  • Eficiência: recarregam rápido e cada vez armazenam mais energia.
  • Facilidade de abastecimento: precisa apenas de um plug-in;
  • Gerador com rodinhas: é possível usá-lo como fonte de energia em situações de emergência.

Desvantagens:

  • Baixa autonomia: não suporta viagens longas sem uma parada para recarregar;
  • Preços altos: adquirir um carro elétrico é muito caro.
  • Geração de energia não é totalmente limpa: como será feita a reciclagem dessas baterias?

Híbridos:

Os carros híbridos são aqueles que possuem dois tipos de motor: um de combustão e outro elétrico. O veículo combina ambas para extrair o melhor de cada uma e aumentar a eficiência.

Quer saber mais sobre como funciona? Clique aqui.

Vantagens:

  • Economia e conforto: esses carros costumam ser desenvolvidos com um padrão maior de qualidade;
  • Baixo consumo: consome bem menos que os carros flex;
  • Melhor potência e desempenho;
  • Menos poluentes;
  • Auto Torque.

Desvantagens:

  • Os carros híbridos estão longe de se tornarem uma opção viável e popular, visto que seu custo de aquisição supera R$ 100.000,00.
  • A manutenção é caríssima;
  • Perigos de choques elétricos: ainda que a possibilidade seja remota com as tecnologias atuais, não é remota;
  • Duração e preço das baterias.

Independente da marca, modelo e tipo de motor que você escolher, faça uma cotação na Seguralta e projeta você e o seu veículo!!

Você achou esse post útil?

Clique nas estrelas para avaliar!

Média dos resultados: / 5. Contador de votos:

Se você achou esse post útil...

siga a gente nas redes sociais.

Que pena que esse texto não tenha sido útil pra você!

Vamos melhorar juntos?

Ana Clara Moreno

Trabalha no departamento de comunicação da Seguralta.
Ana Clara Moreno

Últimos posts por Ana Clara Moreno (exibir todos)