Como morar sozinho e controlar gastos?3 minutos de leitura

morar sozinho

Morar sozinho é o sonho de muita gente e para alguns é sinônimo de liberdade. Acontece que os aventureiros que passam por essa experiência nem sempre estão preparados para a independência financeira, por isso, geralmente, é difícil controlar os gastos. Então listamos aqui algumas dicas para quem almeja morar sozinho e controlar os gastos.

Clique aqui e veja também no nosso blog qual a melhor opção Alugar ou Comprar um imóvel.

O que são despesas fixas, variáveis, extras?

As despesas fixas são aquelas cujo pagamento tem valor fixo, são essenciais e mensais, por exemplo, gastos com habitação (aluguel, condomínio, seguro residencial…). Já as despesas variáveis são aquelas que o preço pode variar, como compras de supermercado, água, luz, entre outros. Geralmente as despesas extras estão relacionadas a gastos imprevisíveis, como farmácia ou problemas com o carro.

Há ainda os gastos supérfluos, são as despesas que opcionais, podendo ou não ser poupadas, por exemplo, roupas, sapatos, cinema, viagens, bares e restaurantes, entre outros.

Mas como morar sozinho e controlar os gastos?

O primeiro passo para quem deseja morar sozinho é entender a situação financeira em que se encontra, há duas possibilidades: se já existem despesas com as quais se preocupar ou se os gastos começam com as despesas da casa. Para ambas situações é necessário planejamento e organização. A diferença entre as duas situações está na forma de se calcular as despesas.

Listamos agora, algumas das dicas para controlar os gastos quando começar a morar sozinho.

Estipular um orçamento

Estipular um orçamento para morar sozinho requer determinação, pois é importante que cada centavo da receita ou das despesas seja considerado no fim do mês. Vale guardar as notas fiscais para não se esquecer de nada.

Monte uma planilha, use um aplicativo ou arrume um caderno para registrar todos os valores e separe os gastos em fixos, variáveis, extras e supérfluos, assim fica mais fácil avaliar quais gastos podem ser reduzidos ou cortados.

Economize:

Para economizar é preciso ter em mente que você é a única pessoa da casa e por isso, deve controlar os gastos, já que não há com quem dividir as despesas, confira algumas práticas que ajudam:

  • Pequenas ações: o maior gasto de quem decide morar sozinho são as despesas de energia e água, por isso fique atento com lâmpadas acessas em cômodos desocupados, banhos longos demais e televisões ligadas sem ninguém para assistir, essas pequenas ações fazem diferença no fim do mês;
  • Pague as contas em dia: Procure pagar as contas sempre antes ou no dia do vencimento, assim juros e multas são evitados;
  • Consciência na hora da compra: Busque fazer compras com dinheiro vivo e tome cuidado com o cartão de crédito, apesar de ser essencial em certas ocasiões, os investidores acreditam que são a porta de entrada para dívidas;
  • Lista de compras: Para comprar exatamente o necessário e poupar um certo dinheirinho no final do mês, faça uma lista de compras, assim é mais fácil de controlar o que é essencial e o que pode esperar um pouquinho mais. Vale ficar atento a descontos e promoções;
  • Estabeleça objetivos: Para poupar dinheiro no fim do mês, estabeleça objetivos e use desafios, por exemplo, o desafio das 52 semanas.

Importância do Seguro Residencial quando morar sozinho:

Como dito anteriormente, manter uma casa tem um custo elevado e é sempre bom poupar dinheiro para eventuais manutenções, reparos e emergências, para simplificar, as seguradoras oferecem o Seguro Residencial, que possui coberturas de incêndio, fenômenos naturais e roubos ou furtos. Para garantir sua tranquilidade nesses eventos, faça uma cotação na Seguralta!

Você achou esse post útil?

Clique nas estrelas para avaliar!

Média dos resultados: / 5. Contador de votos:

Se você achou esse post útil...

siga a gente nas redes sociais.

Que pena que esse texto não tenha sido útil pra você!

Vamos melhorar juntos?

Ana Clara Moreno

Trabalha no departamento de comunicação da Seguralta.
Ana Clara Moreno

Últimos posts por Ana Clara Moreno (exibir todos)