Cobertura ou assistência? Seja certeiro nas escolhas para o seu seguro3 minutos de leitura

Xi! O carro quebrou, será que tenho direito a guincho?

Ao contratar um seguro, podendo ele ser de qualquer tipo, você vai se deparar com duas modalidades diferentes de garantia: a cobertura e a assistência.

A escolha de cada uma delas é muito importante não só para o seguro abranger todas suas necessidades e acompanhar sua rotina, mas também porque influenciam no valor do serviço. Veja a seguir como funciona tais formas e quais auxílios podem te oferecer.

Cobertura

A cobertura garante indenização pelas perdas e/ou danos em casos de sinistro. Segundo a SUSEP, “é o conjunto dos riscos cobertos elencados na apólice”.

Elas se classificam em básicas e adicionais, sendo que a última contribui para a personalização do seu seguro. Cada cobertura adiciona um valor ao prêmio e define o limite máximo de indenização.

A indenização em caso de sinistro acontece de acordo com o que estiver definido na apólice. Por exemplo, se você contratou uma cobertura para colisão, mas não para roubo e seu veículo foi roubado, o seguro não pagará essa indenização.

Para solicitar o ressarcimento, siga os procedimentos detalhados na sua apólice; nela, deve constar a listagem de documentos exigidos para cada tipo de cobertura.

Toda modalidade de seguro possui suas próprias coberturas básicas e adicionais, assim como assistências diferenciadas.

As coberturas básicas do Seguro AUTO, podem envolver:

  • Roubo;
  • Furto;
  • Colisão;
  • Fenômenos naturais;
  • Acidentes que envolvam terceiros.

E as coberturas adicionais?

  • Acessórios: podendo ser aparelhos de som, imagem e comunicação;
  • Carrocerias de caminhões: equipamentos de serviço como guindastes ou plataformas elevatórias;
  • Blindagem;
  • Vidros: reparo ou reposição dos vidros laterais, traseiro e para-brisa;
  • Kit gás: o equipamento precisa ser original de fábrica ou então possuir documento que comprove a legalidade da conversão;
  • Carro reserva: para você não ficar na mão caso aconteça algum sinistro. É possível escolher previamente a quantidade de dias que você utilizará o carro reserva.

Já as coberturas básicas do Seguro RESIDENCIAL, podem envolver:

  • Incêndio: por determinação legislativa, essa cobertura é a condição básica para contratação de qualquer plano residencial. A proteção para danos decorrentes de fogo, explosão e queda de raio é prioritária;
  • Roubo e furto: incluem os bens materiais que compõem o conteúdo do imóvel – eletrodomésticos, eletrônicos, objetos pessoais, móveis. Porém, é preciso ficar atento a determinados bens que podem ser excluídos ou então terem uma cobertura específica na apólice, como no caso de joias;
  • Desastres naturais: contra vendaval, furacão, granizo, queda de aeronaves, impacto de veículos terrestres e fumaça.

Para imóveis de alto padrão, as coberturas podem se estender para obras de arte, itens de mármore ou granito e garantia para jardins.

Assistência

As assistências são serviços que podemos utilizar no dia a dia. É literalmente a ajuda ou auxílio que chamamos na hora do imprevisto, ela complementa o seguro suprindo problemas menores ocasionados ou não pelos sinistros.

Escolhê-las corretamente pode ter impacto positivo no seu bolso, afinal não será preciso contratar um serviço e/ou pessoa específica para realizar reparos.

A lista de assistências disponíveis é admirável. Por isso, sempre consulte seu corretor, ele irá auxiliá-lo com as opções e esclarecerá possíveis dúvidas.

  • Guincho;
  • Chaveiro;
  • Encanador;
  • Eletricista;
  • Limpeza de calhas, caixas d’água e/ou caixas de gordura;
  • Assistência funeral;
  • Orientação psicológica;
  • Mão-de-obra especializada.

Se ainda não tem um corretor de confiança, clique aqui e encontre um bem pertinho de você!

Você achou esse post útil?

Clique nas estrelas para avaliar!

Média dos resultados: / 5. Contador de votos:

Se você achou esse post útil...

siga a gente nas redes sociais.

Que pena que esse texto não tenha sido útil pra você!

Vamos melhorar juntos?