O atrativo mercado de franquias de seguros no Brasil

mercado-franquias

Em 2015, o mercado de seguros apresentou crescimento significativo e continua sendo um excelente negócio para quem quer ter rápido retorno de investimento.

No Brasil, a cultura do seguro ainda não está presente como nos países desenvolvidos, especialmente da Europa e Estados Unidos. Mas, falar deste tipo de serviço continua sendo um assunto atual, porque, por mais que a crise esteja assolando o brasileiro, as pessoas renovam e contratam pelo fato de os riscos aumentarem e as dificuldades para reposição tornarem-se maiores. Sem contar que cada vez mais tipos de seguros aparecem, como os para objetos pessoais, por exemplo.

O número de roubos de celulares tem impulsionado a procura por esse serviço. Segundo reportagem do Jornal Nacional, em 2015 o número de bloqueios de celular aumentou 44% com relação a 2014. Os números da Secretaria de Segurança Pública apontam que há 410 casos de roubos por dia, 17 por hora. Pesquisas recentes indicam que houve aumento de 300% na procura por seguros de objetos pessoais no ano passado.

O aquecimento do mercado mostra que a população está mais apta a fazer uma apólice, pois a preocupação com o amanhã é um fator que impulsiona o aumento das vendas. Mesmo 2015 tendo sido um ano de crise, o mercado apresentou crescimento acima do índice da inflação.

Isso mostra que esse setor continua atrativo. A Seguralta Corretora de Seguros é um prova disso, já que cresceu 40% no ano passado. A marca está há 47 anos no mercado e é pioneira como rede de franquias. Eles possuem mais de 700 unidades comercializadas em todo o Brasil e em 2015 superou a cifra de R$180 milhões com a venda de produtos, fechando cerca de 10.000 contratos por mês.

Um dos grandes diferenciais da marca, principalmente para os franqueados, é o fato de possuir parceria com as maiores seguradoras do mercado (são mais de 28 companhias), o que garante uma grande gama de produtos a oferecer a seus clientes e bom faturamento.

Para quem deseja se tornar um franqueado, a Seguralta possui dois modelos de negócio: home office e standard. O investimento inicial é de R$ 20 mil e R$ 100 mil, respectivamente. A média de vendas de produtos de uma unidade standard é de R$ 180 mil mensais. Já no modelo office chega a R$80 mil.

A CNSeg (Confederação nacional das Seguradoras) prevê para esse ano crescimento de 10,3% de prêmios emitidos frente a 2015. Já o setor de seguros em geral deve crescer 11,4%. Segundo dados da Susep (Superintendência de Seguros Privados), o resultado financeiro das seguradoras cresceu em 2015 39,5%, somando cerca de R$ 56 bilhões.

Sem dúvida, um bom investimento.

Para mais informações, acesse Seguralta.

Fonte: Abra Se Negócio

Deixe um comentário